Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

Domingo, 27 de Março de 2005
Curtas da vida de casado…..
A varicela é uma doença com piada. É relativamente inofensiva: febre baixa e só no primeiro dia; comichão e algum choro só porque passei a chamá-la pequena bexigosa; e outras pequenas tretas que a nossa filha usa para nos chantagear, só porque está doente, tal como obrigar a mãe a fazer panquecas duas noites seguidas (se não fosse eu a ensiná-la a chantagear como deve de ser, limitava-se a pedir para não comer sopa…tonha).
Existe, no entanto, algo que vai fazer com que eu nunca me vá esquecer desta doença. Por causa dela não fomos passar a Páscoa ao Ribatejo, com os velhos. Assim, e para nos compensar, resolveram vir cá eles. Os meus velhos acabaram de sair, E OS MEUS SOGROS ESTÃO A CHEGAR PARA POR CÁ PASSAREM A SEMANA INTEIRA….


Comentário durante a primeira lição de como andar de bicicleta sem rodinhas, e enquanto eu segurava o selim para ela não cair:
- Avô, olha para mim. Já consigo andar de bicicleta. Isto é muito fácil. Olha, até consigo andar sem pôr os pés nos pedais.
Não cheguei a perceber se era o seu sentido de humor ou se era pura tonhice. Como pai, prefiro acreditar na primeira hipótese.
publicado por Luis às 19:33
link do post | comentar | favorito
pesquisar