Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

Segunda-feira, 27 de Junho de 2005
Humor non sense, ou: Anda um pai a educar uma filha para isto….
A caminho do dentista:
- Pai, porque é que as mulheres podem andar de chinelos e os homens não?
- Os homens também podem andar de chinelos, o que não podem é levar chinelos para o emprego.
- Porquê?
- Olha, porque fica mal aos homens levarem chinelos para o emprego. Se eu levasse chinelos para o emprego os colegas do pai iam-se fartar de gozar comigo. Tenho que ir bem vestido para eles não se rirem de mim.
- E porque é que não vais?


Ao Jantar:
- Pai, queres ouvir uma anedota muito engraçada que eu fiz?
- Quero pois.
- Então é assim: Era uma vez um tubarão muito mau, que estava cheio de fome e não encontrava nada para comer. Então foi até à praia onde estávamos todos a tomar banho. Depois comeu a mãe e a mim e…
- Porra filha, isso não é nada engraçado. É muito triste.- disse-lhe eu.
- ESPERA, AINDA NÃO ACABEI.
- Está bem, peço desculpas. Continua lá.
- Depois comeu o pai, mas como o pai era muito gordo, o tubarão rebentou e ficaram todos livres e contentes e o tubarão morreu.
-……………..
- LINDO…(palmas)..ESPECTACULAR…(palmas)…DE MORRER A RIR….(palmas)…..– gritava histérica a minha mulher, nos intervalos que as suas gargalhadas parvas a deixavam.
publicado por Luis às 23:40
link do post | comentar | favorito (1)
pesquisar