casado

Ver perfil


RSS


Façam-me Feliz

Google

Fogueira de Vaidades

Comercial.mp3
Antena3.mp3
JornalismoPortoRád...

visitas obrigatorias

casado

Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

casado

Segunda-feira, 31 de Dezembro de 2007
Eu não tenho a culpa que ela seja hipocondríaca.....

- Então sogra! Sempre vem passar o ano connosco? – digo assim que atendo o telefone.

- Sim. – responde ela, secamente. - Quero falar com a minha filha.

- Ela não está. Saiu para tentar comprar lixívia. – digo, ao mesmo tempo que se acende uma luzinha na minha cabeça. – Por falar nisso. Ainda usa daquelas máscaras contra o pó, quando faz limpeza?

- Claro! Mas porquê? – pergunta-me, já com alguma curiosidade.

- Queria pedir-lhe se não se importava de nos trazer umas caixas delas quando viesse. É que por aqui estão esgotadas.

- Esgotadas? Porquê? – pergunta ela, já com alguma preocupação.

- Nada de preocupante. Traga três caixas, se faz favor. Espere. Quantos dias vão ficar? Três, não é? Então traga antes seis caixas. E não se preocupe que eu faço questão de pagar tudo isso.

- Mas o que é que se passa por aí?

- Não viu na televisão?

- Não. O quê?

- Não tem que se preocupar. Com as máscaras e as fogueiras que estou a fazer à volta da casa, estamos protegidos.

- Fogueiras?!! Mas estás a falar do quê!!!???? O que é que se passa???!!!!

- Já agora. Pode também trazer uns 15 litros de lixívia? Também está difícil de encontrar por aqui.

- Mas importaste de me explicar o que se passa!? Ou é mais uma das tuas estúpidas brincadeiras?!

- Não é nada de especial. Espere um pouco... – digo, enquanto grito para o ar – Amor, já chegaste? Não te esqueças de queimar o fato protector que levaste para a rua.

- A minha filha já chegou???!!! Passa-lhe o telefone! Quero falar com ela!

- Tem que esperar, ela agora foi ao banho. Sabe...com isto da gripe aviária que por aqui anda..... – digo, deixando pendurada a última frase.

- Passa-me a minha filha!!!! – grita ela, em pânico.

 

Conclusão: Não sei o que é, mas tenho algo em mim que faz com que as pessoas acreditem no que lhes digo (mesmo quando falo em fogueiras à volta da casa). A única pessoa que tem dificuldades em acreditar nas minhas histórias, é a mulher com quem casei, a qual não acreditou que tudo não passou de uma pequena experiência, para ver até que ponto a sua mãe é hipocondríaca.

P.S.- Quanto ao concurso: Dada a manifesta falta de inspiração que, talvez devido à época festiva, nos toca a todos,  resolvi prolongar o concurso por mais uma semana, ou seja, até ao próximo dia 7 de Janeiro inclusive.
publicado por Luis às 13:55
link do post | favorito
De Fox a 1 de Janeiro de 2008 às 22:45
E para poupar no combustível até se fazia a queima das bruxas nas ditas cujas fogueiras. Podia ser que por lá aparecesse uma dita cuja sogra!
(mil desculpas à sogra, deve ser uma pessoa adorável... mas este é o blog do casado. A sogra se quiser que faça o seu )
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Olha! O Livro!


Agora em versão digital! Com mais posts por muito menos Euros!

livro

À venda em todas as lojas da Amazon!

blogs


referer referrer referers referrers http_referer




pesquisar