casado

Ver perfil


RSS


Façam-me Feliz

Google

Fogueira de Vaidades

Comercial.mp3
Antena3.mp3
JornalismoPortoRád...

visitas obrigatorias

casado

Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

casado

Terça-feira, 27 de Novembro de 2007
Finalmente: A Petição....

E porque começo a estar farto de ter nos comentários petições para tudo e mais alguma coisa, achei que estava mais do que na hora, de fazer uma petição que realmente interesse ao País, ou pelo menos a mim (que no fundo é isso que importa). Trata-se, de uma petição que, a ser aceite, aumentará a felicidade das nossas mulheres, o que trará melhorias significativas no bem estar das famílias portuguesas e, de acordo com as teorias macroeconómicas: se as famílias portuguesas estão bem, temos por arrasto, um aumento da produtividade, melhoria da economia, justiça igualitária, respeito pelos direitos dos animais, aumento da qualidade de vida, fixação de pessoas no interior do país, etc.

Trata-se pois, e sem falsas modéstias, de A PETIÇÃO

Peço assim a todos os homens que vivem com uma mulher, que leiam atentamente a minha (nossa) petição e a assinem, aqui.

As mulheres, por outro lado, podem ir aqui.
publicado por Luis às 19:27
link do post | favorito
De xana a 27 de Novembro de 2007 às 23:33
Ha, ha, ha, ele há cada uma... lá é preciso uma petição? Se calhar eu não sou mulher e ainda não dei por isso... Eu gosto de uma rapidinha, até mesmo uma rapidinha alentejana (40 minutos no mínimo) vai bem quase todos os dias... A rapidinha, rapidinha também é uma boa, antes de jantar, logo ao acordar, debaixo do chuveiro, ao entardecer escondido atrás das rochas da praia, ui a infinidade de situações ideais... Vão pensar, que há gajos de sorte, que nem precisam de petição... desde que saibam manejar um aspirador, se entendam com a corda e as molas da roupa, o ferro de engomar, a loiça, e por aí adiante... há e muito amor, porque quando há amor puro e verdadeiro entre as partes, até para as rapidinhas nunca há desacordo.
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Olha! O Livro!


Agora em versão digital! Com mais posts por muito menos Euros!

livro

À venda em todas as lojas da Amazon!

blogs


referer referrer referers referrers http_referer




pesquisar