Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

Sábado, 29 de Setembro de 2007
Outra vez.....

- É de casa do Srº Luis? - perguntam ao telefone

- É o próprio. - respondo.

- Srº Luis, chamo-me.... e estou-lhe a telefonar para o convidar a assistir a..blá blá blaá...hoje às 18 horas.

- Com certeza. Posso levar um doce?

- Srº Luis. Não é necessário trazer nada. Basta o Sr. vir e trazer a sua esposa.

- Mas eu não gosto de ser convidado e não levar nada. Não fui assim educado. E ainda por cima a minha mulher acabou de fazer um doce excelente, e olhe que isto é coisa rara. - disse eu, com uma estranha sinceridade- Por isso, se não se importa nós levamos uns frasquinhos com doce. Têm pão, ou é preciso levar?

- Sr. Luis (pausa para suspiro) Trata-se de uma apresentação de um produto, para o qual estamos a convidar apenas pessoas seleccionadas e o Sr. e a sua esposa tiveram a felicidade de serem escolhidos.

- Bom, já percebi. É uma coisa assim mais formal, certo?

- Sim.- responde, com um suspiro de alívio.

- Nesse caso, o melhor é então levar uma garrafinha de vinho do Porto. E têm pão?

- Está a gozar comigo? - pergunta ela, irritada.

- Peço muitas desculpas se a ofendi, garanto-lhe que não foi essa a minha intenção. E se for uma garrafa de Champanhe, do verdadeiro? Sou também capaz de arranjar uma latinha de caviar, mas acho que é falsificado. Assim já serve? E têm pão?

- Se não quer vir bastava dizer, não precisava deste teatro todo. - reage a moça, irritada.

- Agora é vossemecê que me está a ofender!! Se acha que nós não temos condições para ir à sua festa fina, podia ter dito logo! Eu e a minha mulher somos pessoas simples! (fungadela) Era com muito sacrifício que estávamos a oferecer o que de melhor cá temos em casa! (fungadela) E a senhora aparentemente acha pouco! (fungadela) Assim sendo, tenha uma muito boa tarde e espero sinceramente que tenha pessoas na sua festa, porque com esses seus critérios de selecção não sei se tal vai acontecer! (fungadela) ADEUS!

- Sr. Luis. Talvez eu não me tenha feito entender correctamente. Vamos começar do inicio. Pode ser?

- Sim...(fungadela)

- Apenas queremos que o Sr. e a sua esposa venham conhecer o nosso produto hoje. Nada mais. Podemos então encontrarmo-nos às 18 horas?

- Ok...... Têm pão?


E pronto. Assim terminou mais um episódio da série “Como lidar com o telemarketing e tornar a sua mulher mais susceptível a propostas de nível sexual.”

publicado por Luis às 16:49
link do post | favorito (1)
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



pesquisar