Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

Quarta-feira, 26 de Setembro de 2007
Problemas na cama......

Penso que com o tempo, é normal que os casais passem a ter problemas na cama. Não há que ter vergonha desta situação, há sim que falar, e em conjunto tentar resolver a coisa, sendo o mais franco e directo possível, ou seja, no meu caso, atribuir a culpa desta situação à minha mulher.

- Estou farto disto! - digo irritado, ao mesmo tempo que saio da cama e olho para ela.

- Ena!! A voz já tu levantas sem problemas!! – reage ela, provocando-me e adivinhando o motivo da minha irritação.

- Não comeces. Estou farto de sofrer para o teu bem. – digo, indignado pela sua ingratidão.

- Sofrer para o meu bem!! Eu é que tenho que te ouvir a noite toda, e tu é que sofres?! – responde, mais uma vez, a ingrata.

- Achas então que o facto de eu não andar a dormir, por ser obrigado a deitar-me num colchão que está elevado na zona dos pés, não é sofrer?! Por isso sim! Tenho problemas e muitos, em ter que dormir com os pés levantados!

- E as minhas varizes? Eu dormir mal por causa das varizes já não te importas? – pergunta-me ela, com cara de Bambi.

E foi aqui que aprendi mais uma importante lição de vida:

Quando as mulheres fazem perguntas com cara de Bambi, não podemos responder negativamente às mesmas, pois caso isso aconteça, elas transformam-se imediatamente em terríveis amazonas (mas sem a excitante parte sexual). Assim, e como o mal já estava feito, só houve uma solução: Agarrar no dinheiro que andava a poupar para um bonito PDA, com tudo incluído (e mais uns trocos que estavam guardados para uns jogos da Playstation) e ir ao IKEA.

Agora temos uma cama nova, com colchões individuais e estrados articulados com comando electrónico. Para além disso, estou tecnicamente falido e impedido de comprar "gadgets" nos próximos anos. No entanto, e após umas noites passadas nesta nova cama, dei por mim a pensar em formas, não só de recuperar o investimento feito, mas também de ficar com um bom pé de meia, e isto porque reparei numa grande falha que existe no mercado editorial mundial: Não existe nenhum Kamasutra para camas articuladas!!!! Assim, e porque acho que há coisas que têm que ser partilhadas pensando exclusivamente no dinheiro, será este o meu próximo livro. O qual terá como titulo: “Kamasutra para camas articuladas". Só tenho algumas dúvidas no subtítulo: "Prazer sem esforço"; ou "Carregar em botões nunca lhe deu tanto prazer"; ou ainda "O Sexo e o Telecomando”. Qual deles será o mais apelativo?

Baseado na minha experiência, penso que será possível ter o primeiro fascículo disponível ao público, no Natal de 2010.

publicado por Luis às 18:39
link do post | favorito (1)
De wednesday a 26 de Setembro de 2007 às 20:35
A mim só me falta mesmo a cama e o livro... Vendo bem, prefiro as versões normais e além disso até agora têm feito o seu papel:P
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



pesquisar