casado

Ver perfil


RSS


Façam-me Feliz

Google

Fogueira de Vaidades

Comercial.mp3
Antena3.mp3
JornalismoPortoRád...

visitas obrigatorias

casado

Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

casado

Quinta-feira, 10 de Março de 2005
Artigo de merda... (ou as coisas que um gajo aprende ao ler certos artigos em jornais de referência)
Ao ler este artigo do Expresso, uma dúvida me assaltou (porra, mais um abuso de linguagem). Quando estou a cagar, será que há ou não, aqui uma ciência?
Como penso que é importante o rápido esclarecimento deste assunto (o que é e não é ciência) resolvi meditar sobre isto para elucidar de vez este pessoal. Assim aqui vai o meu contributo de merda, para acabar de vez com esta merda de conversa:
Se um gajo está a cagar em casa e sofre de hemorróidas, aí existe uma ciência, pois há um certo grau de conhecimento que diz quando é que devemos fazer força e qual o método a aplicar para que a hemorroida fique sossegada. Trata-se ainda de uma ciência exacta, pois sabemos exactamente onde estamos a acertar. Por outro lado se tivermos que cagar naquelas casas de banho públicas onde temos que nos agachar para despejar o resultado do nosso metabolismo (reparem como é importante utilizar uma linguagem erudita para dar importância a isto) aí estamos sem dúvida na presença de uma ciência não exacta, pois podemos não acertar no raio do buraco.
Mas dentro deste tema podemos encontrar ainda outras ciências, tais como a ciência aplicada, que implica a aplicação de laxantes para os casos em que os humanos não conseguem evacuar correctamente (e esses casos são estudados pelas ciências humanas, obviamente).
Para terminar esta conversa de merda, gostaria de apresentar apenas mais dois exemplos extremos, para que isto fique claro:
Quando um gajo se caga todo sem saber porquê, meus amigos isso não é ciência, é laxismo.
No outro extremo temos os eruditos como eu, que cagam, com conhecimento e método (ciência exacta) e para além disso, lêem ou fazem contas de cabeça ao mesmo tempo. Chegar a este nível implica ser o supra sumo na ciência de cagar.
A vida de casado segue dentro de momentos.....
publicado por Luis às 17:45
link do post | comentar | favorito
|

Olha! O Livro!


Agora em versão digital! Com mais posts por muito menos Euros!

livro

À venda em todas as lojas da Amazon!

blogs


referer referrer referers referrers http_referer




pesquisar