casado

Ver perfil


RSS


Façam-me Feliz

Google

Fogueira de Vaidades

Comercial.mp3
Antena3.mp3
JornalismoPortoRád...

visitas obrigatorias

casado

Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

casado

Quinta-feira, 17 de Março de 2005
Sou ou não sou, eis a questão....
Se sou ou não sou homem, eis a questão por aqui levantada. Ainda pensei em esclarecer isto com uma foto, mas depois pensei que isso também poderia levantar mais polémicas, porque se há coisa que nós homens gostamos é de fazer comparações, e eu não gosto de ver ninguém triste.
Assim vou antes ensinar mais um truque, que obviamente, só pode vir de quem utiliza mais do que uma cabeça para pensar:
O que fazer quando as nossas mulheres não querem sexo.
As desculpas delas andam sempre à volta do mesmo, ou seja, temos a clássica dor de cabeça, e depois as suas variantes, que passam pelo: “Hoje não que estou muito cansada” e vão até ao: “Ofendeste-me ao dizer que a gaja da televisão tem umas mamas boas.”
Estas são as desculpas que temos que contrariar, mas como é que o podemos fazer? Simples, temos que usar o raciocínio lógico, com o qual a evolução nos premiou, ao contrário do que se passa nas mulheres que disso têm pouco, mas que foram premiadas com uma emoção à flor da pele (a prova disso vão ser alguns dos comentários que vão aparecer no sistema de comentários) é conhecendo as nossas armas e as armas delas que temos que agir, aproveitando ainda o facto de nós, homens modernos, ajudarmos na partilha das tarefas domésticas.
Assim, e para a clássica dor de cabeça, o que temos que fazer é dizer-lhes que compreendem a sua situação, até porque a partilha das tarefas também é algo que nos dá dor de cabeça, mas nós sabemos muito bem que para sermos ambos felizes há que cumprir e respeitar as nossas obrigações. Atenção que isto tem que ser dito como se viesse do fundo do coração e não do fundo dos tomates. (ia dizer colhão só para rimar, mas não quero que digam que este blog é ordinário) e deve de ser acompanhado por um beijo carinhoso E NÃO LAMBUZADO, na CARA da mulher, seguido por o desejo de boas noites e uma festa MUITO SUAVE, NO BRAÇO. Se ela, passados uns minutos, não vos tocar, vejam bem se é uma mulher que têm ao lado. Se ela vier com a desculpa que está cansada, façam exactamente a mesma coisa. Se a desculpa é a birra por causa de um comentário inocente sobre mamas, fechem os olhos, pensem no que viram na televisão e descrevam-no em voz alta, mas como se estivessem a falar da vossa mulher (namorada, companheira, etc.) Para que isto resulte (e aqui vem a prova final de como sou um grande macho) deve de ser feito com a luz apagada, por várias razões, em primeiro lugar, para que ela não veja os vossos olhos aluados e depois para que vocês não corram o risco de olharem para o corpo dela e começarem a confundir pernas com celulite. Se isso acontecer, meus amigos, não só o sofá vos espera como também muito calo as vossas mãos vão ganhar.
Caso eu não apareça por aqui nas próximas semanas, é porque as minhas mãos estão demasiado doridas para poder escrever.
publicado por Luis às 17:35
link do post | comentar | favorito (1)
|

Olha! O Livro!


Agora em versão digital! Com mais posts por muito menos Euros!

livro

À venda em todas as lojas da Amazon!

blogs


referer referrer referers referrers http_referer




pesquisar