casado

Ver perfil


RSS


Façam-me Feliz

Google

Fogueira de Vaidades

Comercial.mp3
Antena3.mp3
JornalismoPortoRád...

visitas obrigatorias

casado

Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

casado

Quarta-feira, 25 de Maio de 2005
O futebol (parte 2).....
Como todos os putos que conheço, quando também eu era puto, nos idos anos 80, o meu jogo preferido era o futebol. No entanto nunca percebi muito bem a razão pela qual, muitas vezes em vez de ir jogar, muitos dos meus amigos de brincadeira preferiam ir ver a equipa da terra a jogar, ou pior ainda, ir ver um jogo de futebol qualquer na TV. Os jogos da equipa da terra até percebia: aí era-nos dada liberdade total para dizer as asneiras que quiséssemos, desde que fossem dirigidas aos gajos que andavam de preto e aos jogadores da outra equipa. Foi aí aliás, que aprendi todas as palavras que fazem parte do meu actual reportório de asneiras. Outra coisa que percebi nesses jogos, foi que a miúdas gostavam dos jogadores de futebol. Podiam ser os mais broncos e/ou os mais parecidos com o elo perdido entre o homem actual e o abominável homem das neves, mas se soubessem dar uns toques na bola, eram deuses desejados por elas. Assim, eu e os meus amigos, resolvemos ir jogar para o clube da terra, começando obviamente, pelas classes mais baixas. Aí percebi que a vida não era tão fácil como poderia pensar, pois passado pouco tempo o treinador veio pessoalmente falar comigo e disse-me que, dadas as condições financeiras do clube e o meu jeito inato para o futebol, tinha chegado à conclusão que o clube não tinha condições para suportar um jogador da minha craveira. Nem o argumento que eu passaria a levar as minhas próprias sapatilhas para o treino o demoveu. Acabou aí e de uma forma precoce a minha carreira como jogador de futebol. Continuei no entanto, a gostar dos jogos que fazia, na escola e na rua, com os meus amigos (na escola, por inveja de eu ser um gajo bonito e acertadinho, fazia sempre parte do grupo dos últimos a serem escolhidos).
Até há uns anos atrás, tinha por hábito ir jogar futebol de salão com uns colegas de trabalho, mas a forma demasiado violenta com que jogavam fez com que eu desistisse rapidamente. E não estou a falar das asneiradas que saíam sempre que um de nós falhava um golo. Nada disso. Estou-me a referir à violência física: Logo após os primeiros cinco minutos do inicio do jogo começava a guerra para ver quem é que ia para a baliza. Acabei por me chatear com aquilo, pois arranjavam sempre forma de me tirar de lá com a desculpa que também tinham direito a descansar. Pois, MAS EU É QUE LEVAVA SEMPRE AS LUVAS DE GUARDA REDES.
Actualmente apenas jogo com putos de idade inferior a 10 anos porque são os únicos que não me podem obrigar fisicamente a correr mais do que aquilo que eu quero.
Quanto a discutir futebol, só com o meu sogro, pois gosto de o ver transformado em besta apocalíptica que grita barbaridades (até para contrapor com a constante presença da outra besta apocalíptica que, obviamente é a minha soCENCURADO) enquanto vai me encharcando com a sua saliva. Com outros fanáticos nem pensar, porque da saliva do meu sogro já eu aprendi a me desviar.
Conclusão: Não tenho nada contra o futebol em si, nem contra os festejos por um clube (qualquer que ele seja) ter ganho algo. Só contra os cretinos que usam o futebol, por ser um desporto de massas, para ganhar algo para seu próprio proveito e fico fodido quando vejo pessoas ditas "normais" transformadas em bestas, porque uma bola não passou entre dois paus espetados no chão, e que por causa disso, se "esquecem" que existem coisas mais importantes onde gastar energias, como por exemplo: trabalhar para resolver os graves problemas que existem NO INTERIOR DO NOSSO PAÍS.
publicado por Luis às 12:53
link do post | comentar | favorito
|

Olha! O Livro!


Agora em versão digital! Com mais posts por muito menos Euros!

livro

À venda em todas as lojas da Amazon!

blogs


referer referrer referers referrers http_referer




pesquisar