casado

Ver perfil


RSS


Façam-me Feliz

Google

Fogueira de Vaidades

Comercial.mp3
Antena3.mp3
JornalismoPortoRád...

visitas obrigatorias

casado

Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

casado

Terça-feira, 31 de Maio de 2005
O curso de gestão de stress.....
Começo por dizer que qualquer curso de gestão de stress que custe dinheiro, não é um curso de gestão de stress, mas sim um curso potenciador de stress.
- Quero lá saber que só custe 5 euros. Já te disse que não vou. – disse-lhe eu, depois de ela insistir pela milésima vez para que eu me inscrevesse no tal curso de gestão de stress.
- Ou vais tu ou vou eu. – respondeu ela.
- Quero lá saber.
Eu, que na minha ingenuidade pensei que o assunto estava esquecido, fui ontem apanhado de surpresa:
- Amanhã começo o curso. – diz-me ela ao jantar.
- Qual curso???? – digo eu assustado ao pensar numa segunda versão de um curso de culinária vegetariana.
- O de gestão de stress.
- E o que tenho eu a ver com isso?
Aparentemente tudo, porque agora todas as Terças e Quintas e durante 4 semanas ela vai para o tal curso, o que implica que temos que levar dois carros para Beja, ou seja, gastar o dobro do combustível. Para além disso, os meus dois dias semanais anti-stress, vão ter uma pausa por 4 SEMANAS, pois as aulas de natação, nas quais elas me deixavam sossegado por hora e meia, vão ser geridas de outra forma, uma vez que o curso é em horário pós laboral, quem vai ter que ir com a nossa filha, sou eu.
Felizmente quando chegarmos a casa, ela ainda não está, pelo que o jantar fica por minha conta: Pizza à Terça e Torradas à Quinta.
Bom, espero que pelo menos o raio do curso lhe faça bem, porque já estou um pouco farto da sua forma de gerir o stress: fazer arroz doce sempre que chega chateada do trabalho. Já agora, será que alguém me pode mandar por mail, a receita CERTA de como se faz arroz doce? Por favor, mandem com as quantidades certas, incluindo o número de cascas de limão, porque a última experiência correu mal devido ao número excessivo de cascas de limão utilizadas e foi ontem para o lixo (tanta porra com a ecologia mas não pensa no mal que as suas experiências culinárias podem provocar ao meio ambiente). Por coincidência, a nossa vizinha foi ontem dar-nos um prato do seu maravilhoso arroz doce, o que a minha mulher achou estranho e me perguntou se eu tinha algo a ver com aquilo.
Nota mental: Tenho que ter mais cuidado quando tiver a despejar as suas experiências culinárias na compostagem e a vizinha me perguntar o que é que eu estou a fazer, ou seja, tenho que alargar o espaço temporal entre o deitar fora e a entrega do seu magnífico e delicioso arroz doce.
publicado por Luis às 13:51
link do post | comentar | favorito (1)
|

Olha! O Livro!


Agora em versão digital! Com mais posts por muito menos Euros!

livro

À venda em todas as lojas da Amazon!

blogs


referer referrer referers referrers http_referer




pesquisar