casado

Ver perfil


RSS


Façam-me Feliz

Google

Fogueira de Vaidades

Comercial.mp3
Antena3.mp3
JornalismoPortoRád...

visitas obrigatorias

casado

Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

casado

Domingo, 19 de Junho de 2005
Pequenos truques para o dia a dia…..
A gestão de stress
Mais uma vez o serviço público deste vosso blog a funcionar e hoje a falar de um tema que me é muito querido: Como gerir o stress provocado por viver em conjunto com uma ou mais mulheres (no meu caso com uma e meia).
Quantos de vocês, homens modernos, não ouviram já frases que vos provocam taquicardias e mal-estar físico, tais como: “Vai tu, estúpido.” Ou: “Só por causa disso, hoje és tu que arrumas o quarto”. Posso ainda dar outros exemplos, mas agora de frases ditas pela minha mulher: “Fazes isso outra vez, e aí é que ficas tu sempre a arrumar a loiça.” ou “Quando é que passas a fazer o exercício que o médico te mandou?”
Para combater este tipo de stress temos de actuar de duas formas: de forma preventiva e de forma descompressiva.
A forma preventiva, como o nome indica, pretende prevenir o possível stress. Como se consegue fazer isso? Ora bem, trata-se de algo muito complicado, pois isso implica passar o mais despercebido possível, e isso numa casa com duas moças é praticamente inviável, no entanto homem que é homem tem os seus recursos e se não os tem cá estou eu para o ajudar. Existe uma forma infalível de qualquer homem passar despercebido dentro da sua casa: basta pormo-nos a realizar as supostas tarefas domésticas que temos a nosso cargo, aí incrivelmente, tornamo-nos invisíveis. No entanto a realização dessas tarefas pode-nos stressar, por isso, se ainda não têm tratem de instalar uma televisão na cozinha e depois demorem o triplo do tempo para fazerem a vossa parte do trabalho, elas não vão estranhar nada pois mesmo assim ainda conseguimos fazer as tarefas num tempo que será cerca de metade do dela (mas sobre esta e outras técnicas já eu para aqui falei em artigos passados).
A segunda forma é depois do mal feito, ou seja, depois de elas vos encherem de stress. O que é que vocês podem fazer? Bom, eu no meu caso considero que escrever sobre a verdadeira perspectiva de vida de um homem casado, tem ajudado bastante a nossa relação, pois aquilo que não lhe digo na cara, despejo aqui, o que funciona como um óptimo descompressor. Caso não queiram fazer um blog, telefonem à sogra e chamem-lhe nomes (pois lembrem-se que os genes do mau feitio vem dela). Certifiquem-se que ela não tem identificador de chamadas, porque senão…bom, isso são outras histórias que certamente não vos interessam.
publicado por Luis às 22:58
link do post | comentar | favorito (1)
|

Olha! O Livro!


Agora em versão digital! Com mais posts por muito menos Euros!

livro

À venda em todas as lojas da Amazon!

blogs


referer referrer referers referrers http_referer




pesquisar