casado

Ver perfil


RSS


Façam-me Feliz

Google

Fogueira de Vaidades

Comercial.mp3
Antena3.mp3
JornalismoPortoRád...

visitas obrigatorias

casado

Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

casado

Sexta-feira, 12 de Agosto de 2005
Férias 2......
Após a primeira semana de férias e no final da segunda, posso já fazer um balanço destas, as quais posso classificar como as piores férias de que tenho memória. De Espanha, nada a dizer….. só não percebi a mania dos espanhóis em me falar em Figo sempre que dizia que era Português. Com a boa disposição que me caracterizou durante toda essa semana (fomentada pela alegria de a passar com a família da minha mulher) respondia, falando de Aljubarrota, ETAS e noutras merdas que os pudessem calar, mas a maior parte deles, punham-se depois com conversas sobre macroeconomia, e como eu disso não percebo nada (da minha microeconomia cada vez vou percebendo mais, pois torna-se mais fácil perceber quando os dados começam a ser escasssos) vinha-me embora deixando-os às gargalhadas.
A viagem de regresso a Portugal, não foi tão má como a de ida, pois consegui que a minha sogra viesse no carro da minha cunhada. O meu cunhado ainda disse qualquer coisa sobre a falta de espaço, devido às carradas de mala que trazia, mas como eu não percebo bem o francês esquisito que ele fala, limitei-me a dizer à minha sogra que tinha a impressão que o seu querido genro estava a insinuar que não a podia levar porque ela tinha uma bacia excessivamente larga, o que obviamente era uma grande mentira, pois os bancos do carro dele são quase o dobro dos do meu. Ela mostrou-se bastante agradecida pela minha confidência, pois entrou imediatamente no carro dele dizendo bem alto (para que o meu cunhado a ouvisse bem) que a sua bacia nunca mais iria entrar no meu carro. Assim e após o meu cunhado me ter esticado o seu dedo médio lá partimos. Tive, no entanto, que trazer o meu sobrinho mais novo, o qual é um bocado gralha (não consegue estar calado) mas bastou eu parar e pedir aos seus pais o seu GameBoy portátil, para que a viagem se tornasse mais agradável. A minha mulher também se mostrou bastante cooperante e não falou muito durante a viagem, a única coisa que me disse, e logo no inicio da viagem, foi que não gostou nada da forma como eu “impus” a sua mãe à sua irmã. A minha resposta deve-lhe ter agradado, pois a partir daí não voltou a abrir a boca, a não ser para, ocasionalmente, gritar uns nomes feios (presumo que aos carros que nos ultrapassavam) tendo eu o cuidado de os memorizar para não me esquecer de os apontar no quadro do não gostei.
Esta viagem calma, permitiu que eu me concentrasse em tentar ver se conseguia perder de vista o carro do meu cunhado. Como não consegui tal feito, chegámos ao mesmo tempo que ele (tenho a impressão que ele fez de propósito pois não acredito que o seu carro não passe dos 100) mas como demorámos mais uma hora de viagem, do que na ida (a cara do meu cunhado quando chegámos....não percebi se estava vermelho de raiva ou devido ao excesso de conversa que ele apanhou durante a viagem....), senti que as férias estavam a melhorar. Até que…..a nossa filha adoeceu. Apanhou uma gastroenterite que a fez ter febre alta. Quando a febre passou, a minha sogra resolveu dar-lhe leite com flocos de chocolate “…pois a criança estava a ficar magra devido à dieta…” pelo que, como resultado…vomitou tudo, felizmente para cima dela (sogra) o que me fez rir bastante. Mais ainda quando a minha filha disse, logo depois:
- Pai, tenho que mastigar melhor os flocos, pois alguns estão quase inteiros….olha ali aquele que está quase a cair da cara da avó….Já viste como eu nem o mastiguei?
publicado por Luis às 15:51
link do post | comentar | favorito
|

Olha! O Livro!


Agora em versão digital! Com mais posts por muito menos Euros!

livro

À venda em todas as lojas da Amazon!

blogs


referer referrer referers referrers http_referer




pesquisar