casado

Ver perfil


RSS


Façam-me Feliz

Google

Fogueira de Vaidades

Comercial.mp3
Antena3.mp3
JornalismoPortoRád...

visitas obrigatorias

casado

Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

casado

Quarta-feira, 19 de Outubro de 2005
Post perdido....
Deixo-vos com algo que encontrei perdido no computador, enquanto vou ali descansar um pouco.

Quando queremos dizer à nossa mulher que ela nos está a chatear a cabeça, mas não queremos que ela fique amuada, temos que agir de uma forma bastante subtil para que ela não entenda as nossas verdadeiras intenções.
Supondo que ela nos está a chatear a cabeça porque nos esquecemos de ir às compras e agora não há legumes para ela fazer o jantar. Enquanto nós nos auto-congratulamos por esse esquecimento, ela começa a falar, chateada, sobre dietas, saúde e outras tretas que só elas entendem, e entretanto lá começou o CSI. Cria-se então um dilema: Continuar a abanar a cabeça e perder a série, mas aproveitar para à noite fazer as pazes? Ou terminar rapidamente a conversa, ir ver a série e aproveitar para à noite fazer as pazes? Obviamente que a segunda opção será a preferida para nós, mas como terminar rapidamente a seca sem que ela fique demasiado amuada para as pazes nocturnas? Dizer directamente as coisas não adianta, pois seremos logo acusados de insensibilidade e temos birra por dias. A solução poderá passar pelo elogio, mas não dizer uma baboseira do tipo: “Já te disse que ficas linda quando te irritas?” isto só funciona nas primeiras 50 vezes, ou seja, a partir do segundo dia de vida em conjunto, temos que encontrar outras formas de a calar. Podemos tentar mudar de assunto, mas isso só vai prolongar a seca, pois seja qual for o assunto, elas têm mais capacidades do que nós para arranjarem forma de a continuarem. Uma forma que resulta, mas apenas uma vez, é gritarem: “ALERTA, ALERTA” e irem-se esconder debaixo de uma mesa. Trata-se de algo que elas não esperam, pelo que ficam confusas e atordoadas com a situação, no entanto ficam com sérias dúvidas sobre a continuação da vossa relação, e passam-vos a sugerir a realização de uma vasectomia para evitar a disseminação dos vossos genes.
A melhor forma é vocês encontrarem os seus pontos fracos e referirem-se de uma forma subtil aos mesmos, por exemplo: “Ainda não fizeste a depilação?” ou “Já reparaste que já há muito tempo que não falas por MSN com a tua irmã?”

Nota importante: enquanto se efectuam estes importantes raciocínios, convém não esquecer de ir abanando a cabeça, porque se param ela chama-vos logo a atenção para o suposto facto de não estarem a ser ouvidas.
publicado por Luis às 21:45
link do post | comentar | favorito
|

Olha! O Livro!


Agora em versão digital! Com mais posts por muito menos Euros!

livro

À venda em todas as lojas da Amazon!

blogs


referer referrer referers referrers http_referer




pesquisar