casado

Ver perfil


RSS


Façam-me Feliz

Google

Fogueira de Vaidades

Comercial.mp3
Antena3.mp3
JornalismoPortoRád...

visitas obrigatorias

casado

Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

casado

Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2005
Capitulo II - Aventura no trenó….
- Deixa a moça descer sozinha. Ela já sabe travar. – digo eu à minha mulher.
- Não. Ela ainda é pequena para esta descida. – responde a castradora.
- Vá lá. Deixa-te de mariquices. Também se se aleijar não há-de ser nada de grave. – digo, ao mesmo tempo que empurro o trenó, com a nossa filha, ladeira abaixo.
- AAAAAAAAAHHHHHH – grita a castradora.
- AAAAAAAAAHHHHHH – grita a nossa filha.
- AAAAAAAAAHHHHHH – grita a francesa que a nossa filha atropelou.
- AHAHAHAHAHAHAAH – riu-me eu com toda aquela confusão.
Bom, acabei por levar seca, porque sou um irresponsável e teca teca teca… Mas deviam de ver a cara de felicidade da nossa filha:
- Viste como eu andei depressa pai? Isto devia era de ter buzina para as pessoas saírem da frente, não é?
- Tens razão. – respondi enquanto lhe fazia festas na cabeça, para logo depois acrescentar, devido aos olhos faiscantes da minha mulher – Mas tens que ter cuidado para tentar não atropelar as pessoas. Embora aqui a culpa não seja tua, pois o raio da mulher não tem nada que estar no meio da pista de trenós no teca teca teca.
Claramente as minhas repreensões públicas à nossa filha nunca satisfazem a minha mulher, pois obrigou-nos a ir pedir desculpas à francesa, quando o máximo que lhe aconteceu, com a queda, foi ter sido alvo de chacota de todas as pessoas que a ela assistiram.
Conclusão: Ensinei a minha filha a pedir desculpas em Francês: “Perdon” e acabamos por ser insultados, isto porque a nossa filha (para além achar que não tinha nada que pedir desculpas) tem uma capacidade acima do normal para as línguas e acabou por dizer algo que se assemelhou a “Pieton”, ou seja, em vez de pedir desculpas, chamou Peão à francesa.
publicado por Luis às 15:49
link do post | comentar | favorito (1)
|

Olha! O Livro!


Agora em versão digital! Com mais posts por muito menos Euros!

livro

À venda em todas as lojas da Amazon!

blogs


referer referrer referers referrers http_referer




pesquisar