casado

Ver perfil


RSS


Façam-me Feliz

Google

Fogueira de Vaidades

Comercial.mp3
Antena3.mp3
JornalismoPortoRád...

visitas obrigatorias

casado

Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

casado

Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2006
Aventuras......
- Pai. Estamos perdidos......
- Pois estamos.....e eu estou tão cansado....não sei se aguento muito mais..... - digo, com a língua de fora e a perder o equilíbrio - Boa noite Dona Angelina - respondo eu, ao cumprimento que a senhora me fez.
- Coragem pai. Vamos, de certeza, conseguir sair daqui.
- Não sei...já viste o que nos espera mais à frente!!??? - digo, desesperado.
- Não. O que achas que é aquilo?
- Um grande e perigoso rio...... - respondo-lhe - Pois, cá estamos Sr. Mendes - respondo ao abanar de cabeça que o homem me dirigiu.
- Aiai, tenho medo....Achas que vamos conseguir passar.
- Não sei..... Dá-me a mão para atravessarmos os dois ao mesmo tempo. Estás pronta? - pergunto-lhe confiante.
- Sim, estou. - diz-me ela enquanto me aperta a mão com força.
- Espera, deixa o carro passar........... Vamos então.
- CUIDADO PAI. ESTE RIO TEM CROCODILOS....DEPRESSA, VAMOS ATÉ À MARGEM....NADA PAI.
- Poça, foi por pouco. - digo arfando - Então, ainda por aqui na rua com este frio, Dona Maria. - respondo eu ao olhar estranho que a senhora me envia.
- Olha!!! Está ali um monstro deitado e temos que passar por ele.
- Pois está. Vamos....muito devagarinho....cuidado.....não o pises. CUIDADO ESTÁ A ACORDAR.....CORRE....- grito eu desesperado - Pois é, estas crianças, sabe como é! - respondo eu, aos sorrisos amarelos do Sr. Francisco.
- Conseguimos passar. Boa pai. Estamos quase a chegar.
- Quase??? QUASE???? ESTÁS A GOZAR COMIGO??? REPARA QUE AINDA TEMOS QUE PASSAR POR AQUELA SELVA CHEIA DE LEÕES E COBRAS ANTES DE CHEGAR À NOSSA CASA. - grito de desânimo - E eu não sei se consigo.... - termino desolado.
- Consegues pois. Eu estou aqui para te ajudar. - responde-me ela, dando-me a tão necessária confiança que eu precisava.
- Olha, e ainda temos que passar por aquele rio grande!! - continuo eu.
- Mas tem uma ponte. Não te preocupes e bebe um pouco desta minha água mágica. - diz-me ela passando-me o seu "cantil" onde supostamente está a tal água mágica.
- Blargh....sabe a sopa da mãe....prefiro ficar com sede. - respondo eu, enquanto "cuspo" a sua água mágica no meio de horríveis caretas.
- hihihihihi.....Anda, vamos passar a ponte. - diz ela enquanto me dá a mão.
- Sim, mas espera que aquele carro passe.
- Está bem.
- Vamos. - digo-lhe enquanto passamos - Já está. Agora só falta passar por esta selva para chegarmos a casa.
- Olha. Ali estão os leões. Tenho medo..... - diz-me sussurando, enquanto se encolhe.
- OLHA ALI UMA COBRA ENORME....FOGE.....CORRE....- grito-lhe enquanto começo a correr e ela vai ficando para trás.
- PAI ESPERA POR MIM....MAU....NÃO ME DEIXES AQUI SOZINHA NA SELVA.- grita ela desesperada.
- CORRE. - grito-lhe - FORÇA....ANDA TER COMIGO.....VÁ, NÃO TENHAS MEDO....
- PORQUE É QUE ME DEIXASTE ALI SOZINHA NO MEIO DAS COBRAS. - grita-me, assim que chega ao pé de mim.
- Porque eu sei que tu és uma mulher valente, e que conseguias dar cabo do teu medo e defender-te de todos aqueles monstros, que lá estavam, sozinha, e sem a minha ajuda.
- Hmmmm...Então está bem. - diz ela cheia de orgulho.
- Chegámos....Poça, foi uma grande aventura. - digo, enquanto meto a chave na porta de casa.
- Pai, amanhã vamos outra vez a pé à biblioteca, e depois perdemo-nos outra vez? - diz ela, num tom suplicante.
- Sim, mas tem que ser por ruas onde não passem pessoas, para que a mãe não ouça, mais uma vez, que tem um marido assim.......Como é que te hei-de dizer isto?
- Assim tão divertido, não é pai? - diz ela enquanto me puxa para baixo e me dá um beijo, indo depois arrumar os seus sapatos e dirigindo-se depois para junto da mãe para lhe contar a nossa grande aventura.
- Sim, filha. É isso. Divertido. - termino eu, esquecendo-me do que raio é que eu lhe queria dizer e pensando que na próxima aventura, temos que levar umas botas, isto porque, no caminho para a biblioteca, existe uma enorme montanha para escalarmos.....No topo dela, tenho a certeza, existem muitos mundos por descobrir......
publicado por Luis às 12:45
link do post | comentar | favorito (1)
|
3 comentários:
De Anonimo a 8 de Março de 2006 às 15:50
Lindo!
De juanoLLA a 16 de Setembro de 2006 às 16:12
Olha pah isto tem tudo a ver com aquilo que eu faço com os putos que conheço, entre sobrinhos, filhos adoptivos ( que são os dos amigos), cães e gatos qd o pessoal vai de fim-de-semana, e numa forma mais elaborada com os meus alunos. Obrigada por partilhares o sentido do ridículo ;-), digo do DIVERTIMENTO! e me fazeres gostar cada vez mais do meu nicho social de tia! Um abraço.
De Joana Rio a 10 de Outubro de 2007 às 12:29
Muito bom! :)

Comentar post

Olha! O Livro!


Agora em versão digital! Com mais posts por muito menos Euros!

livro

À venda em todas as lojas da Amazon!

blogs


referer referrer referers referrers http_referer




pesquisar