casado

Ver perfil


RSS


Façam-me Feliz

Google

Fogueira de Vaidades

Comercial.mp3
Antena3.mp3
JornalismoPortoRád...

visitas obrigatorias

casado

Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

casado

Quarta-feira, 18 de Abril de 2007
Impressionismos.....
- Ajuda-me a levantar da cama, por favor. - peço à minha mulher.
- Não estás melhor das costas?
- Estou. Mas acho piada fazer estes esgares de sofrimento, e ter alguém a puxar-me enquanto finjo gritar de dor. - respondo, com o meu bom humor matinal.
- Mas quando é que te deixas de armar em herói? - pergunta ela, enquanto vai arrumando as almofadas maricas , que se encontram espalhadas pelo chão do quarto.
- Quando chegar à andropausa. - respondo eu, levando depois com uma das almofadas na cara, a qual me provocou um sonoro FODA-SE , devido à dor que a minha infrutífera tentativa de desvio me provocou.
- Mas o que te deu para agarrares logo nas duas crianças ao mesmo tempo, e com elas penduradas, te pores a fazer malabarismos, como se tivesses num circo? Não pensaste nas tuas hérnias?
- Pensei. Mas como já não sentia o prazer da dor há muito tempo..... - respondo eu, em vez de mais um FODA-SE . QUERO LÁ SABER DISSO AGORA! AJUDA-ME A LEVANTAR DA PUTA DA CAMA. ESTOU CHEIO DE DORES E NÃO ME CONSIGO MEXER.
- Mas tu sabes que não podes fazer brincadeiras dessas. Ainda por cima a tua filha e a amiga, já são pesadas. - diz, enquanto olha para mim de uma forma que me assusta.
- Sim. Já sei. Não preciso de mais seca. Ajudas-me a levantar da cama, ou não?
- Não sei. - responde ela, enquanto se despe - Estava a pensar aproveitar-me de ti. O que dizes? A forma como tu ontem brincaste com as crianças , excitou-me. - continua ela, enquanto se aproxima de mim - Mas tens que deixar de fazer essas coisas para me impressionares. Eu já sei o homem maravilhoso que tenho. - termina ela, dando-me depois um beijo.
- Mas eu não fiz isso para te impressionar.
- Pois não, amor. - diz enquanto me vai beijando. - Por isso é que não paravas de olhar para mim enquanto fazias aquelas maluqueiras todas.
- Não era para ti que eu estava a olhar. Era para a boazona da mãe da amiga da nossa filha. Viste o belo top que ela trazia?

Bom, ou era isso, ou tinha que aguentar uma sessão mais do que dolorosa de sexo, a qual, quem sabe, me poderia deixar traumas profundos. É óbvio que não lhe podia nunca dizer que, para mim, sexo, estava fora de questão. Porra , um homem é um homem.
Por outro lado descobri que os beliscões, pontapés e palmadas, serviram, por segundos, para me esquecer das dores nas costas e na perna.
E consegui sair sozinho da cama. Foi fácil. O difícil , foi conseguir levantar-me do chão depois de ter rebolado para fora da cama.
publicado por Luis às 22:53
link do post | comentar | favorito (1)
|
31 comentários:
De winkle a 19 de Abril de 2007 às 00:58
ahahahha, e nem imagina o que vai sofrer depois quando a sua mulher vir o post!!!!
De nobody a 19 de Abril de 2007 às 10:16
olá outra vez, ainda bem k voltei a ler um post mesmo á maneira k já nos tens habiuado.adorei a maneira como respondeste ao meu comentario maravilha, s eu soubesse tinha-o mandado mais cedo.continua a escrever mais destes posts, será k desta voltaste d vez??espero k sim.
kanto ao post em si .....é preciso ter sorte !!!logo ontem k a mulher tava disposta tu não kiseste nada....ohhh....dpois pa proxima keixa-te....
De ic a 19 de Abril de 2007 às 11:05
:O) , macho que é macho nunca nega fogo...a não ser que esteja com dores de costas, mas confessar é que nunca!
De Maria a 19 de Abril de 2007 às 11:08
Tu andas a te portal mal. Já tavas a levar tautau nesse rabinho.
De Ana Catarina a 19 de Abril de 2007 às 11:09
És brilhante. Ser casada contigo não deve ser nada difícil :))
Parabéns!
De eskisito a 19 de Abril de 2007 às 11:51
Tens sorte. Se eu falasse em decotes alheios, pelo menos pelo menos uns bons dois meses no sofá, seguido da habitual tortura das conversas com a família e amigos onde iria aparecer o tema vezes sem conta.
Mas, foi de homem...isso foi.
De eskisito a 19 de Abril de 2007 às 11:52
Tens sorte. Se eu falasse em decotes alheios, pelo menos pelo menos uns bons dois meses no sofá, seguido da habitual tortura das conversas com a família e amigos onde iria aparecer o tema vezes sem conta.
Mas, foi de homem...isso foi.
De eskisito a 19 de Abril de 2007 às 11:55
Desculpa lá a repetiçãodo comentário, mas o raio do não colaborou.
De psique a 19 de Abril de 2007 às 13:08
excelente.. lol;)
De Aisling a 19 de Abril de 2007 às 15:08
Belo jogo de cintura!!! ;)
As melhoras!
De GriM REaPer a 19 de Abril de 2007 às 15:34
o que um homem sofre......mas homem que é homem nao foge á luta ...nem ao sexo mesmo que tenhas as costas feitas num oito.
so nao te desejo as melhoras rapidas pois acho que a senhora tua esposa gosta de se aproveitar de ti.........tadito nem sabes a pena que tenho de ti...................loooooooooooooool.
agora a serio as melhoras.
um abraço.

Comentar post

Olha! O Livro!


Agora em versão digital! Com mais posts por muito menos Euros!

livro

À venda em todas as lojas da Amazon!

blogs


referer referrer referers referrers http_referer




pesquisar