casado

Ver perfil


RSS


Façam-me Feliz

Google

Fogueira de Vaidades

Comercial.mp3
Antena3.mp3
JornalismoPortoRád...

visitas obrigatorias

casado

Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

casado

Quinta-feira, 25 de Janeiro de 2007
Uma noite estranha......
- Então? Como é que vais votar no referendo? – pergunta-me um gajo vestido de branco, ao mesmo tempo que vai coçando a sua longa barba branca e olhando para uns papiros.
- Acho que vou votar....Não? -digo baixinho, esperançoso que fosse essa a resposta que ele queria ouvir.
- Olha lá! Estás a brincar comigo? Não me tentes enganar!!! – grita ele, ao mesmo que todo o céu estremece, e uma carga de água me cai em cima. – Olha que eu sei tudo!!!
- Mas.. – digo, a tremer – O que é que há de tão grave em eu ir votar Sim?
- Cada mulher que aborta impede a renovação de uma alma. – diz-me, já mais calmo e com algum paternalismo – E isso significa mais chatices para mim: A lista de espera continua a aumentar e quem tem que ouvir as reclamações todas sou eu! – diz, já mais agressivo. – E tu não imaginas o que é ter que ouvir e acalmar almas revoltosas, pois não?
- Bom. Eu sou professor. Faço isso todos os dias. – respondo.
- Humm…Está bem. – hesita ele – Mas isso não tem comparação. – diz, para despachar a conversa.
- E já cheguei a dar aulas a miúdos do 9º ano. – continuo.
- Bom…. Mesmo assim. - diz, sentindo-se apanhado pela minha argumentação – Mas aqui o que interessa é o meu trabalho! Não é o teu! – grita novamente, e volta-me a cair água em cima.
- Conversas dessas para alguém que parece ser Santo, não me parecem muito adequadas.
- Tu nunca leste a Bíblia, pois não? Tens uma visão demasiado romântica do que é ser Santo. – diz, enquanto se volta a sentar – Vamos mas é despachar isto. Porque raio vais então votar no Sim?
- Porque acho que as mulheres que abortam não o fazem de ânimo leve, logo não devem ser julgadas. – digo, serenamente - Mas eu sou contra o aborto!
- Deixa-te disso. Se és contra o aborto, porque é que vais votar Sim?
- Porque não é isso que me vai ser perguntado.
- Tu não vais à missa, pois não?
- Não. Mas o que tem isso a ver com a conversa?
- Se fosses, ficarias a saber o que é efectivamente perguntado. Mas tu não queres ser esclarecido, e agora vais ter que pagar por isso. – diz, enquanto vai rabiscando umas notas no papiro.
- Mas eu sou contra o aborto. Aliás, não conheço ninguém que seja a favor.
- Olha lá, o teu pai não é comunista?
- Sim. Mas é contra o aborto e também vai votar Sim.
- Isso não me interessa. Era só uma confirmação.... – diz, com um sorriso sarcástico e colocando mais umas notas no papiro. – Bom. Resumindo. – diz, enquanto me olha nos olhos – És contra o aborto e vais votar Sim. Ou seja, estás lixado.
- Mas e as mulheres que morrem devido aos abortos clandestinos? E as sequelas com que muitas ficam? Ninguém faz um aborto só por fazer. Vamos ainda humilhar mais essas pessoas? Sujeitá-las a mais traumas? Não é melhor dar-lhes condições, para que os mesmos sejam feitos com a mínima segurança, e apostar fortemente na educação sexual? Algo que tanto foi falado, por tantos e tantos partidários do Não, e até hoje nada foi feito. Não são estas razões suficientes, para votar Sim?
- Claro que não. O que te vale são os teus atenuantes. – diz, enquanto vai olhando para o papiro.
- Atenuantes?
- Sim. Para o teu castigo eterno.
- Bom, pelo menos tenho atenuantes. Sempre vivi de acordo com a minha consciência. Tentei tornar melhor a vida dos que me rodeiam. Tentei pôr as pessoas a pensar por si e a assumirem as suas responsabilidades. Fiz…
- Chega! Isso não me interessa para nada. – interrompe-me ele.
- Então, mas não são esses os meus atenuantes?
- Claro que não. Nós aqui em cima, medimos tudo apenas pelo único pecado que existe. E é sobre esse que tens atenuantes.
- Agora perdi-me.
- Sexo, pá! Tenho que te explicar tudo? Os teus atenuantes têm a ver com sexo. – diz, novamente irritado, o que me valeu mais uma molha.
- Mas….o que queres dizer com isso?
- Quero dizer que as tuas performances sexuais, enquadram-se perfeitamente no que são os requisitos mínimos para se ser Santo.
- Os Santos fazem assim tanto sexo?
- És um gajo engraçado. – diz ele, enquanto se ria – Claro que não. Muito pelo contrário. Estás ao nível deles.
- Se calhar é melhor acabar a conversa. -digo, meio aborrecido.
- É um elogio, pá. Consegues ter performances sexuais abaixo de certos homens da religião.
- A culpa não é minha. – reajo eu, chateado.
- É pois. Não sejas modesto. É isso que te safa. 

Acordei a suar e em pânico. E o que acontece quando se tenta partilhar este pesadelo, com a cara metade?:

- Se me voltas a acordar para me contares baboseiras, garanto-te que ainda te vais transformar em Santo, mas é ainda enquanto estás vivo.

publicado por Luis às 17:54
link do post | comentar | favorito (1)
|
39 comentários:
De Bina a 25 de Janeiro de 2007 às 18:15
Isso foi uma mensagem subliminar... Acho melhor começares a trabalhar nisso ou a tua saúde mental vai degradar-se a cada noite que passa :)

E a tua mulher só precisa de ser levada com jeitinho.. diz-lhe que acordaste com a sensação de que estava a chover!!!! LOL sempre incrivel... Beijinhos
De Nanny a 25 de Janeiro de 2007 às 22:55
Mesmo sendo contra o aborto, vais votar SIM! Parece-me muito bem.
Há que pensar nas mulheres e que ficar ciente que esta votação as afecta muito mais que a qualquer homem.

Já esse problema da tua performance sexual... cof.cof.cof. (desculpa é a constipação)... afecta seguramente mais a TUA MULHER que as outras.

(cuidado com as molhas, que ainda te constipas, como eu!)
De JC Duarte a 26 de Janeiro de 2007 às 00:45
Das melhores que aqui tenho lido!
Parabéns!
De Margot a 26 de Janeiro de 2007 às 10:28
É exactamente isso que eu sinto em relação a esta questão do aborto. Sou contra e vou votar Sim.
Este post merecia um cartoon ou mesmo ser encenado! Enquanto o lia conseguia visualizar tudo o que estava escrito. Mt bom. Parabéns!
Abraço
De CSA a 26 de Janeiro de 2007 às 11:09
Muito engraçado estes pensamentos de votar sim mas ser contra. Controverso, e certamente a escolha do caminho mais fácil.
Seja qual for a votação, o que importa é que seja de acordo com as nossas convicções e que reflicta aquilo que queremos para a nossa sociedade.
Já agora uma reflexão: será que a nossa sociedade (Portugal) está preparada para um passo como o sim???
De Luis a 26 de Janeiro de 2007 às 13:47
Não tem nada de controverso, na minha modesta opinião:
Aceito ou não, que as mulheres que praticam o aborto deixem de ser penalizadas judicialmente pelo mesmo? Um claro SIM. Simples.
A pergunta não é se sou a favor ou contra o aborto como prática contraceptiva. Sobre isso já fui claro.
Se a nossa sociedade está preparado para o SIM? Claro. O SIM trará mais responsabilidades a todos nós e espero muito sinceramente, que dentro das tais responsabilidades surja a efectivação da educação sexual obrigatória no nosso ensino, pois é assim que se começa a combater o aborto como prática contraceptiva.
Para já fico por aqui.
De CSA a 26 de Janeiro de 2007 às 15:38
Se o sim for a resposta dos Portugueses, espero que o Casado tenha razão relativamente à sociedade estar preparada e que se traduza numa maior responsabilização.
Estou preocupada com a questão, porque existem inúmeras mentalidades que o fazem de ânimo leve e naturalmente. Hoje em dia são muitos os meios para prevenir uma gravidez.
Sou a favor da prevenção e não do remediar.
Ainda não sei para que lado vai cair o meu voto, apenas sei que vou votar e espero que a abstenção não ganhe mais uma vez.
De Luis a 27 de Janeiro de 2007 às 11:13
Eu não acredito que hajam assim tantas mulheres que fazem o aborto de ânimo leve e/ou como se fosse algo de natural. A existirem (e admito que possam existir) são uma muito pequena minoria que têm obviamente problemas do foro psicológico, nomeadamente problemas a nível afectivo (e digo isto sem qualquer tipo de ironia).
A grande maioria fá-lo em desespero (causado muitas vezes pela ignorância com que muitos preferem mantê-las em matéria de educação sexual) e muito provavelmente o facto de terem abortado torna-se algo que as vai perseguir para o resto das suas vidas (se sobreviverem)
De Cláudia Oliveira a 26 de Janeiro de 2007 às 11:20
Uau, os teus textos estão cada vez melhor. Gostei muito deste.
De marisa a 26 de Janeiro de 2007 às 13:24
Excelente!
Nota máxima, senhor professor. Ou direi colega?
Um abraço
Marisa
De Lena Pombinho a 26 de Janeiro de 2007 às 15:20
Simplesmente..... divinal!!!
De NaRiZiNHo a 26 de Janeiro de 2007 às 15:57
Mais uma vez brilhante e este é de aplaudir de pé!
Sou contra o aborto, mas não tenho o direito de julgar ninguém que o faça!
Caramba, a Judite de Sousa deveria convida-lo para a Grande Entrevista!
A ver se o cerebro de alguns ficava mais vivo!!!
:-*
De MarcoB a 26 de Janeiro de 2007 às 16:20
Só gostava de saber se o tipo de Barba é Deus ou o Pai Natal, pois se for o Pai Natal negociava-se uns vales de desconto para abortos em clínicas privadas a troco de parar com essa vertente de wetdreams (cargas de água), é só um desabafo, continua...
De Luis a 27 de Janeiro de 2007 às 11:20
Penso que era Deus, pois tinha um grande mau feitio, e pelo que a minha filha me conta, quando vem da catequese, parece que Deus é assim.
De Cláudia Oliveira a 29 de Janeiro de 2007 às 15:51
Deus tem Mau Feitio?
De repente senti um poder qualquer....
De Tina a 30 de Janeiro de 2007 às 11:26
Se a tua filha te conta isso então precisa de continuar na catequese porque ainda não percebeu nada! Primeira coisa que se aprende na catequese: Jesus é nosso amigo.
Sou catequista e lamento que não saibas que os primeiros catequistas são os pais em casa. Talvez por isso a tua filha ainda saiba tão pouco...

Tem um blog bem sugestivo. Engraçado e que me tira muitas gargalhadas, mas aqui falhou.

Já agora: Sabias que dar uma bofetada a alguém, insultar, ou copiar um livro na integra tabmbém dá pena de 3 anos de prisão??? Hum... também haverá refrendos para isto?

Eu voto NÃO. Porque a minha vida é um sim feliz..
De Luis a 30 de Janeiro de 2007 às 13:56
Se entendes por pais catequistas, os que ensinam aos seus filhos princípios de cidadania e de compreensão pelo próximo, sem ligá-los a qualquer tipo de religião, então estou aí enquadrado.
Agora discutir a religião em si, é coisa que já aprendi a não fazer. Limito-me a dar a minha opinião (o que obviamente vou continuar a fazer) e a aceitar a opinião dos outros (o que não invalida que, segundo a minha opinião, o Deus descrito na Bíblia, tem um bocado de mau feitio).
Quanto ao referendo: Prefiro despenalizar o aborto e saber que assim podem estar a ser salvas vidas de mulheres desesperadas (que presumo que mereçam o perdão) do que continuar a fingir que não há abortos em Portugal, ou que a existirem, não causam mortes ou danos irreparáveis (tanto físicos como psicológicos) a quem os pratica.
Quanto aos exemplos que deste, na minha opinião, são penas exageradas, mas que como não provocam a morte de ninguém, não são trazidas para a discussão pública, o que, mais uma vez, na minha opinião, faz todo o sentido, pois são questões bastante inferiores ao grave problema do aborto clandestino, o qual vai continuar a existir mesmo que o não ganhe.

Existe aqui no entanto, um ponto no qual eu acho que discordamos bastante: Tu julgas que foi só neste post que eu falhei. Eu sei que existem muitos mais posts com falhas minhas.
De tina a 30 de Janeiro de 2007 às 15:21
Não, catequizar não é isso. Catequizar não pode de facto dissuadir-se da Igreja, e tem TUDO a ver com religião.
Aproveito para adiantar que não quero "manchar" o teu blog, até porque é teu, logo tem de estar à tua imagem, mas se nos é dada a possibilidade de comentar... Mas há coisas que são factos e dizer que "Deus tem mau feitio" é mesmo de quem conhece pouco a Bíblia.
Voltando ao aborto: haverá alguém que ache que havendo despenalização do aborto até às 10 semanas deixarão de haver abortos clandestinos?

PS - Também existe catequese para adultos. Se estiveres interessado...
De a.filoxera a 11 de Maio de 2007 às 23:53
Belíssima resposta!

Comentar post

Olha! O Livro!


Agora em versão digital! Com mais posts por muito menos Euros!

livro

À venda em todas as lojas da Amazon!

blogs


referer referrer referers referrers http_referer




pesquisar