casado

Ver perfil


RSS


Façam-me Feliz

Google

Fogueira de Vaidades

Comercial.mp3
Antena3.mp3
JornalismoPortoRád...

visitas obrigatorias

casado

Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

casado

Sexta-feira, 25 de Junho de 2004
Como tudo começou.......
Foi o IRS o causador desta minha situação. Resolvi fazer umas contas e cheguei à conclusão que casado descontava menos do que apenas vivendo em conjunto, pelo que lá fomos à conservatória assinar uns papéis e pronto, começou uma nova fase da minha vida.
No início até era porreiro, alugamos uma casa e pela primeira vez podíamos ter relações sem ter ejaculações precoces resultantes do medo de aparecer o pai ou a mãe de repente na sala onde supostamente tínhamos ficado a ver um filme.
Passei a ter ejaculações precoces por outras razões, mas pude tê-las em qualquer divisão da casa, o que foi em si um avanço.
Para além disso e também pela primeira vez, pelo menos durante tanto tempo, passamos a dormir sempre juntos e com a mania que nos tínhamos que tocar sempre, o que no Verão no Alentejo numa casa com telha preta e quarto no sótão mostra bem o quanto estávamos apaixonados.
No entanto, quando íamos a casa dos pais, tirávamos férias um do outro, pois casado casado só pela igreja, dito de outra forma, só aceitavam que dormíssemos juntos depois de um gajo que nunca deu uma queca (e que se gaba disso) dizer que éramos marido e mulher. Mais uma vez fiz as contas e uma vez que os velhos aceitavam pagar quase todas as despesas, fomos em frente e (outra alegria da vida de casado) fizemos uma pipa de massa com o dinheiro dos convidados (podia ser um pouco mais mas uma ovelha ranhosa da minha família, resolveu gastar o dinheiro que me era dirigido, em putas na festa de despedida de solteiro, e ainda por cima usou-as ele).
Outra situação que mudou com o casamento foi a visão que as pessoas passaram a ter de mim, principalmente os meus sogros e restante família do lado da minha mulher. Antes do casamento tratavam-me como um puto chato que estava todos os dias em casa deles a querer "comer" a filha, depois, passei a ser o homem respeitável e adorável que todas as mães gostariam de ter como genro, ou seja, enquanto antes houve noites em que empestavam a sala com insecticida com a desculpa dos muitos mosquitos e melgas existentes (penso que eu era contabilizado como mais um desses insectos) agora posso dizer as maiores barbaridades que é só sorrisos. No inicio cheguei a pensar que tudo isso não era mais do que uma manobra para que nós nos casássemos depressa e eles se verem livres da filha. Agora já tenho a certeza.
publicado por Luis às 15:34
link do post | comentar | favorito
|
11 comentários:
De Anónimo a 2 de Julho de 2004 às 11:45
Rita, estou casado à..... (pausa para ver a data na aliança) 7 anos, acho eu... não consigo perceber se é 96 ou 98??....por isso ou casei com 28 ou com 30 anos????
Quanto aos outros comentários...Obrigadoas2642776
(http://vidadecasado.blogs.sapo.pt)
(mailto:as2642776@sapo.pt)
De Anónimo a 30 de Junho de 2004 às 19:10
Boa tarde,

Então é assim a vida de casado?!
Gostei mtos dos outros textos, excelentes!
Já agora casou com que idade?! Faço a pergunta pq tenho 25 anos e como a maioria dos meus amigos e amigas não nos imaginamos casados, mas a viver sozinhos e um dia quem sabe....o engraçado é que já nos imaginamos com filhos! Se falarmos em termos de responsabilidade esta nossa ideia não tem sentido! ObrigadoRita
</a>
(mailto:chamarita@sapo.pt)
De Anónimo a 29 de Junho de 2004 às 11:49
É pá isso é mesmo assim mas a coisa vai piorar:prepara-te para as dores de cabeça !Zé Carioca
</a>
(mailto:)
De Anónimo a 28 de Junho de 2004 às 13:47
É pá... gostoso de imaginar um cenário desses, que até não andará muito longe da realidade. Ou será que a imaginação,está além da realidade?!! De qualquer modo é assim o casamento até que tem os seus defeitos, mas tem enormes virtudes, interessante é encontrar o meio termo. Acredita que dá trabalhgo, mas vale a pena. Continua e até breve. Manel.Manel pinto
</a>
(mailto:mjbfpinto@clix.pt)
De Anónimo a 28 de Junho de 2004 às 13:40
Tá Lindo!!! já passei pelo mmo! Aguenta..eheh..se quiseres...Magna
</a>
(mailto:claudiaxis@sapo.pt)
De Anónimo a 25 de Junho de 2004 às 22:30
Adorei!Continua,este texto está uma delícia!Beijokas!Vou voltar sempre!pekala
(http://neurotic.blogs.sapo.pt)
(mailto:pekala@sapo.pt)
De Anónimo a 25 de Junho de 2004 às 19:44
Olá e bem vindo a este mundo fascinante da escrita! O teu primeiro post está girissimo e se continuares assim vais ter sucesso! Vou voltar! BeijinhosRaquel
(http://olivrodopo.blogs.sapo.pt)
(mailto:kelinhacls@hotmail.com)
De Anónimo a 25 de Junho de 2004 às 19:14
Va aceita tudo! Até deves gostar da tua mulher! Tenta aproveitar ao máximo a vida de casado! ;)Luis Santos
(http://cinema24noticias.blogs.sapo.pt/)
(mailto:cinema24@sapo.pt)
De Anónimo a 25 de Junho de 2004 às 16:36
Desgraçaste a tua vida! Como foste fazer um erro desses? Bem, agora não há nada a fazer...limita-te a contar-nos as tuas aventuras de recém-casado. Visita os meus blogs! www.sunshine.blogs.sapo.pt e www.pequenitos.sapo.pt (quem sabe este dá-te a vontade de ter um bébé)...Sílvia
(http://www.sunshine.blogs.sapo.pt)
(mailto:silviaspt@sapo.pt)
De Anónimo a 25 de Junho de 2004 às 16:32
Bem vindo!!! lol-adorei o texto, vivo junta há quase 2 anos e por isso achei piada, tens até razão em mta coisa que dizes.
Vai escrevendo, estou a gostar.blueyes24
(http://www.escapefromreality.blogs.sapo.pt)
(mailto:blueyes24@.sapo.pt)

Comentar post

Olha! O Livro!


Agora em versão digital! Com mais posts por muito menos Euros!

livro

À venda em todas as lojas da Amazon!

blogs


referer referrer referers referrers http_referer




pesquisar