casado

Ver perfil


RSS


Façam-me Feliz

Google

Fogueira de Vaidades

Comercial.mp3
Antena3.mp3
JornalismoPortoRád...

visitas obrigatorias

casado

Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

casado

Segunda-feira, 9 de Agosto de 2004
A Viagem rumo às férias…..
Até podia ter corrido pior, bastava que durasse mais uns minutos. Mas felizmente, passadas 33 horas e 47 minutos chegamos ao nosso destino. Nada como viajar durante dois dias seguidos num carro para sentir o perfume agridoce da nossa pequena família, felizmente que assim que chegamos ao nosso destino a primeira coisa que fizemos foi tomar um banho. Se há algo que eu aconselho, é que todos os casais realizem uma viagem deste tipo, de preferência com um filho entre os 3 e os 6 anos. Se conseguirem chegar ao fim da mesma e à noite quiserem sexo, então, de certeza que nada irá abalar a vossa relação (ou então piraram de vez). “Pai, poque é que não posso ouvil a minha muca.”- dizia ela chorosa. “Filha, estamos fartos de ouvir a tua música, deixa-me agora ouvir um CD do qual eu não conheça de cor todas as melodias e respectivas letras.”- digo eu num tom que lhe impede resposta. “Mas agora é a minha vez” diz a mãe com ar de ameaça. “Porra, quem vai a conduzir sou eu, pelo menos deixem-me ouvir algo que me dê prazer.”- tento explicar eu. “Se estás a falar em prazer lembra-te do que te poderá acontecer se não me deixares ouvir os meus CDs.”- Toca-me sempre onde me dói mais, porque raio é que temos que depender tanto do sexo? (qualquer dia, se me apetecer, filosofo sobre isto). “E se pensas que és um privilegiado por seres tu a conduzires lembra-te que eu também tenho carta de condução.”- continua ela. Podia lhe falar sobre os limites de velocidade a cumprir, sobre o facto de estar de férias e não querer me stressar com súbitas mudanças de direcção e de velocidade, sobre o facto do carro ter que aguentar a viagem de regresso, etc.. Enfim, todas razões válidas para não ser ela a conduzir, mas resolvo estar calado para não me entalar mais e obviamente, passamos a ouvir música brasileira e francesa durante um bom par de horas. Felizmente para me distrair tinha as perguntas da minha filha: “Pai, do que é que os outlos calos estão a fugil?”- perguntou-me ela ao mesmo tempo que apontava para os carros que vinham em sentido contrário. “Deve de ser do dragão que mora no sitio para onde vamos.”- digo eu. “A sélio?”- diz-me, desconfiada. “Não, filha. O pai é tonto, os carros vão para outros sítios diferentes do nosso. É por isso que vão noutro sentido.”- diz a mãe, tentando acalmá-la. “Não é nada mãe. O pai diz que é pol causa do dlagão e o pai é que sabe, não é pai?”- diz ela com convicção. “Não filha.- digo eu- o pai estava a brincar, não é por causa do dragão, é porque sabem que a mãe está a chegar.” Nunca pensei que uma revista de decoração me pudesse causar outros danos, para além dos monetários. Felizmente estávamos a parar para repousar, pelo que pude aliviar as mossas infligidas pela merda da revista indo a correr para a casa de banho, onde pude gritar uma série de asneiras na casa de banho.
Bom, mas o pior da viagem nem foi isso ou as constantes perguntas da nossa filha (essas até serviram para estimular a minha imaginação, qualquer dia faço uma lista das possíveis respostas a dar às mais variadas perguntas das crianças) o pior foram as birras, os amuos, as exigências para as constantes paragens, o choramingar porque estava farta de estar sentada, as constantes conversas que tinha que fazer para que ela se entretece com outras coisas, o raio dos CDs dela que tinham que estar constantemente a tocar, a paisagem que nunca estava de acordo com os seus desejos, etc., etc., etc.. Porra, se eu soubesse que ela estava com o período tinha adiado a viagem uns dias. Conselho importante a reter: NUNCA REALIZAR LONGAS VIAGENS DE CARRO COM MULHERES COM O PERÍODO.
(e ainda de férias......)
publicado por Luis às 19:58
link do post | comentar | favorito (1)
|
1 comentário:
De Milton a 14 de Abril de 2007 às 15:04
Gostei muito do teu blog, na vida de casado só muda o nome da mulher.

Comentar post

Olha! O Livro!


Agora em versão digital! Com mais posts por muito menos Euros!

livro

À venda em todas as lojas da Amazon!

blogs


referer referrer referers referrers http_referer




pesquisar