casado

Ver perfil


RSS


Façam-me Feliz

Google

Fogueira de Vaidades

Comercial.mp3
Antena3.mp3
JornalismoPortoRád...

visitas obrigatorias

casado

Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

casado

Sexta-feira, 1 de Outubro de 2004
As aventuras de um pai temporariamente solteiro.....(parte 5)

É incrível, mas sempre que digo a alguma mulher que estou sozinho a tomar conta da nossa filha (embora ela diga que é o contrário) desperto nelas sentimentos que, se eu tivesse desesperado por…(momento de introspecção para analisar o grau de desespero)…. ok, correcção: se eu estivesse MUITISSIMO desesperado por sexo, poderia me aproveitar desse facto……humm…..(novo momento de introspecção).... Será que o facto de ter visões com mulheres nuas é sinal que o desespero já chegou ao muitíssimo?
A última vez que estivemos separados foi há 2 anos a.f. (quando somos pais passamos a ter em conta um novo calendário, a.f.- antes da filha e o d.f.- depois da filha). Ela foi para França, durante um mês. Ou seja UM MÊS à fome. Passados 15 dias dei-lhe a prenda de anos mais cara da minha vida: a sua estadia coincidiu com o mês em que fazia anos e foi passar o fim de semana, dos anos, aos Alpes, a casa da irmã. Eu fui para o aeroporto no sábado de manhã, comprei o bilhete, só tive o avião ao final da tarde pelo que só cheguei a casa da minha cunhada à noite e de surpresa. A primeira coisa que ela me disse foi: “O que é que estás aqui a fazer?” Bom, dado o meu aspecto baboso quando a vi, pensei que seria evidente o que eu fazia ali. A sua segunda, terceira e quarta pergunta foram: “Tu és maluco? Quanto é que foi o preço do bilhete? E vais-te embora amanhã?” Porra, a sensibilidade dela comoveu-me. Bom, para dizer a verdade só no dia seguinte, quando já vinha no avião de regresso é que me recordei destas coisas. Na altura, quando ela me estava a fazer estas perguntas só me lembro de pensar como ela estava linda por debaixo de um vestido qualquer, ou camisa, ou fato, ou de qualquer merda que ela tinha vestido. Lembro-me também de salivar bastante e de fazer alguns sons que se assemelhavam bastante ao de “É já aqui, ou vamos para um sítio com menos gente?” Bom, pelo menos deu para aguentar mais 15 dias. As mulheres de alguns amigos meus fartaram-se de me gabar por eu ser tão romântico. Romântico? Qualquer homem no meu lugar teria feito o mesmo. Ok, alguns que eu conheço teriam sido mais poupadinhos e teriam pago a profissionais. Eu, sinceramente, prefiro o real ao profissional. Para além disso, desde esse dia está sempre na expectativa que, algum dia, eu possa voltar a fazer algo de tão “romântico”, penso que é por isso que ela nunca me irá deixar. Porra, pessoalmente espero que nunca mais fique tanto tempo privado do seu corpo, é uma dependência tramada, o sexo.
Hoje também me aconteceu algo que me deixou intrigado. Não sei se já se nota muito a minha necessidade por comer alguém (esta de nós, homens, usarmos a expressão comer é um pouco canibalesca, se eu fosse mulher acho que não iria gostar. Porra, se uma mulher me disser que me quer comer também fico…..hummm…..ok, não fico nada, o mais provável é perguntar-lhe se tem preferência por algum molho, ou se prefere “au naturel”). Continuando. Acho que hoje devia de estar especialmente bonito, não sei se é o meu olhar desesperado, se é da barba por fazer (esqueço-me que tenho pêlos a crescer na cara e como não tenho ninguém a queixar-se…), se foi do pólo que vesti, onde sobressaiam os meus fortes músculos estomacais, ou do meu estilo “sozinho e abandonado” mas, seja lá do que for, reparei que tive imensas mulheres a olharem para mim. Houve uma altura em que pensei que isso se devia ao facto de estar a fazer uma apresentação para uma plateia, composta maioritariamente por mulheres, mas isso não fazia sentido. Obviamente que ainda exerço uma forte atracção no sexo oposto.

publicado por Luis às 13:30
link do post | comentar | favorito
|

Olha! O Livro!


Agora em versão digital! Com mais posts por muito menos Euros!

livro

À venda em todas as lojas da Amazon!

blogs


referer referrer referers referrers http_referer




pesquisar