casado

Ver perfil


RSS


Façam-me Feliz

Google

Fogueira de Vaidades

Comercial.mp3
Antena3.mp3
JornalismoPortoRád...

visitas obrigatorias

casado

Diário de bordo 6346...

Diário de bordo 3635...

Diário de bordo 345

Diário de bordo número qu...

Diário de bordo...4

Diário de bordo...3

Diário de bordo...2

Diário de bordo...

Mas que raio....

Mais uma mulher na minha ...

casado

Segunda-feira, 3 de Janeiro de 2005
Resoluções do ano novo.....

Começa mais um ano e com ele há a mania das resoluções. Todos temos a mania de tomar decisões que, aparentemente, servem para mudar a nossa vida. Andei para aí a visitar uns blogs e em quase todos a mesma coisa: Que este ano é que vai ser….Que agora é que é…. E sei lá mais o quê. Assim, e impregnado desse espírito, resolvi, também, apresentar as minhas resoluções para este novo ano, mas como pessoa simples que sou, resolvi fazer uma lista de pequenas coisas que vou, sem dúvida, mudar neste ano que agora começou:

  • Não voltar a deixar a minha mulher fazer as refeições. Há muitos anos que não sentia prazer ao comer na minha casa.
  • Nunca deixar a nossa filha soprar a minha sopa quando está constipada….blargh…
  • Não gozar com o inglês da minha mulher. Principalmente quando ela vem toda romântica a cantar e a provocar-me. Mesmo que transforme o refrão da música do “Top Gun” de “Take my breath away” para “Take my bread away”
  • Nunca, mas nunca mais, tentar fazer o pino para mostrar à filha que o pai ainda é um gajo ágil. Digamos apenas que o velho relógio de sala, resultante de uma herança, nunca mais vai ser o mesmo. E eu também não, pelo menos enquanto andar como se tivesse tomates de chumbo.
  • Investir no negócio de venda de roupa por catálogo. Pelo menos que o dinheiro gasto volte à origem.
  • Não ir tantas vezes a casa da minha sogra no Inverno, pois, como está frio, sou obrigado a estar mais tempo dentro de casa e logo, ao pé dela…brrrr.
  • Ser muito mais discreto ao olhar para certas mulheres com a minha mulher ao lado, porque ela ainda não percebeu, e acho que nunca vai perceber, a dor que me causa quando olho para a sua cara e vejo que lá vem um murro ou um pontapé que vai acertar sabe-se lá onde (a expectativa causa-me mais dor do que o murro e/ou pontapé em si)
  • Não dizer asneiras sem ter a certeza que a nossa filha não está a ouvir. O quadro do não gostei parece um dicionário de palavrões.
  • Trabalhar para que os meus sonhos se tornem realidade, ou seja, para que eu finalmente me transforme no Super Homem. Não, não é no homem perfeito para a minha mulher. É mesmo naquele que voa. Porra, sempre sonhei voar e andar por aí a combater o mal e a minha sogra.
  • Acabar de escrever os “posts” mais cedo para não chegar à cama e ela já estar a dormir (ou a fingir). Pois…..
publicado por Luis às 23:30
link do post | comentar | favorito
|

Olha! O Livro!


Agora em versão digital! Com mais posts por muito menos Euros!

livro

À venda em todas as lojas da Amazon!

blogs


referer referrer referers referrers http_referer




pesquisar